cabeca2
Cabeça
dezembro 3, 2016
gorda
Gorda
dezembro 3, 2016

Dragão

dragao

CONCRETO CELULAR

Havia um dia, nas cavernas do mundo, o silêncio completo. Entologicamente, o nada enchia todos os lugares. Até quando a luz de fora adentrou a retina do grande dragão… Boca de fogo, levantou-se teso e tomou o espaço, gritando ao mundo sua voz de lava, seu karma reptiliano.
Estava feito o início de tudo. Era a tampa de Pandora, com garras e cascas, andando entre as Eras… entre as heras…